sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Um Conto de Natal de Charles Dickens

Um Conto de Natal ou O Natal do Sr. Scrooge é talvez um dos mais conhecidos contos da literatura universal e, sem dúvida, o mais conhecido conto de Natal. Nele, todo o sortilégio do Natal é tratado na prosa de um dos melhores caricaturistas sociais de todos os tempos, que foi talvez aquele que melhor soube apreender e transmitir o espírito do Natal!
Inúmeras vezes adaptado ao teatro, cinema e televisão, poucos serão aqueles que ainda não ouviram falar do fantasma do Natal Passado, do fantasma do Natal Presente e do Fantasma do Natal Futuro e do velho avarento que é visitado por estes espíritos que lhe transmitirão o verdadeiro sentido do Natal.
Escrito por Charles Dickens em 1843, Um Conto de Natal merece agora uma grande produção cinematográfica da Disney, recorrendo às mais modernas tecnologias.
Salienta-se que esta edição inclui as ilustrações originais, concebidas por John Leech, ilustrador preferido de Dickens.

A MINHA OPINIÃO:

Charles Dickens é um nome estelar da literatura! Ler um livro dele pela primeira vez foi uma grande responsabilidade. Quando leio um clássico há sempre aquela sensação de grandeza e de maravilha por folhear páginas admiradas por multidões! Há livros ditos clássicos que correspondem a essas expectativas e há outros que as destroem... Um Conto de Natal é o clássico "espiritualmente" perfeito e lê-lo na época natalícia é exultar a sua mensagem! O protagonista deste conto é Ebenezer Scrooge, velho avarento,cruel e mesquinho. Foi em Scrooge que encontrei uma perfeita caricatura social. Se essa foi a intenção de Dickens então, aplaudo-a de pé! Esta sátira ao homem que vive para os negócios e a frieza do dinheiro, preterindo as emoções e o calor de uma família é tão importante no século XIX como neste século. A hipocrisia social e o consumismo ditaram o óbito do genuíno Espírito de Natal.O dinheiro jamais poderá ultrapassar a beleza de uma família reunida na Consoada à volta de uma mesa. A mesa poderá não ser muito rica, porém não é a quantidade que importa, porque o verdadeiro manjar está na comunhão e na partilha de histórias e vivências. Scrooge é um veículo para ensinar uma valiosa lição! Os três espíritos, Natal passado, presente e futuro perseguem este velho até ele reencontrar a sua essência há muito empedernida! Um conto tocante e, às vezes, hilariante que fica connosco mesmo depois de fecharmos o livro. Mas, nem de Scrooge vive este livro de Dickens: há um outro conto menos conhecido, Os Sinos de Ano Novo. Toby Veck é a antítese de Scrooge, é um homem miserável mas bondoso e generoso. Toby terá um sonho futuro sobre si e a sua adorada filha. É um conto mais pequeno que, à semelhança do anterior, traz uma grande mensagem de esperança. Charles Dickens tem uma escrita distinta, cheia de sentimento e de ternura que, me convidou a participar da história, na tristeza e na alegria.

6/7-EXCELENTE

TRAILER DO FILME:


video

10 comentários:

  1. Olá JoJo
    Adorei este filme está muito bem conseguido e fez-me esquecer os originais que davam na minha infância com personagens reais e que eu sinceramente não gostava muito de ver. Este já o vi este natal que passou pelo menos 3 vezes uma sozinha e as outras com as minhas sobrinhas e ainda vou ver mais certamente. Nota 20.
    Beijinhos e continuação de bom ano;)

    ResponderEliminar
  2. li com os meus alunos de 9º ano uma versão abridged (um original abreviado) antes das férias de natal. Tive a agradável surpresa de, no recomeço das aulas, uma aluna dizer que viu o filme na TV (muitos viram) mas que, apesar da linguagem difícil para alunos desta idade, o livro era muito melhor!! também gosto particularmente desta história para a época de natal, e episódios destes, embora pontuais, aquecem o coração de quem gosta de livros.

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    Leitora, eu ainda não vi o filme. Fui adiando até ler o livro. Já não tenho desculpa para adiar mais!;)

    Carla,
    recomendo esta leitura a todos! Crianças, adultos e velhos todos deviam ler esta magnífica história.Ainda bem que lês com os teus alunos pois, estás a fomentar a leitura entre os jovens que, ultimamente se dispersam em muitas coisas.

    Bom ano às duas!

    ResponderEliminar
  4. Olá Jojo,
    O filme é de facto muito engraçado, gostei imenso! Quanto ao livro, ainda não o li, mas gostaria de o fazer. Já li outras obras de Dickens e realmente conheço o sentimento de que falas quando lemos as suas palavras.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
  5. Olá!!!

    Já li este livro há uns aninhos e gostei imenso. Sei que quando era miúda li um adaptação com o Tio Patinhas. :) É uma história que nos marca e que nos acompanha toda a vida.
    Adorei esta adaptação da Disney. Tive pena de não a ter ido ver ao cinema, mas vi este Natal quando passou na TV.
    Só um aparte que não tem nada a ver com este post: quando abri o teu blog começou a soar a música do Game of Thrones. Gosto imenso da música e fiquei literalmente parada só a ouvir, e só quando acabou é que consegui ler a tua opinião! :)
    Boa escolha!
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
  6. Olá, sou nova seguidora no teu blog. Espero aprender muitas coisas novas e partilhar ideias. Se puderes visita os meus, são bem novinhos e se gostares segue:
    http://womenspleasuresandtreasures.blogspot.com
    htpp://coucoucherry.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Tenho o conto para ler e tenho o filme para ver... Ai, adorei a tua opinião e só fez aumentar a minha curiosidade! =)

    ResponderEliminar
  8. Luh,
    eu quero ler outros livros de Dickens também. Aconselhas-me algum em especial? Beijinho*

    Kel,
    eu ainda não vi o filme. Queria vê-lo após a minha leitura, mas em época de exames é muito difícil dispensar uma hora e meia.
    A música do blog ainda me gostas:)... Também adoro a música da abertura da série. Dá uma certa de sensação de épico.

    Cou Cou,
    bem-vinda! Já passo pelos teus cantinhos:)´

    Filipa,
    se puderes lê o conto no Natal. A tua leitura vai ter outro significado.

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. Olá :)
    Taste This Book está com novo visual. Após um tempo de ausência, deseja agora dedicar-se com mais assiduidade
    Dá uma espreitadela e deixa a tua opinião :b

    Beijo*

    http://www.tastethisbook.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Jojo, eu li "Bleak House" e "Great Expectations" e adorei! Acho que qualquer um dos dois vale a pena ser lido. Também quero ler outros títulos do autor, mas não sei qual ler a seguir :S
    Beijinhos e boas leituras :)

    ResponderEliminar